Prêmio Professores do Brasil distribuirá R$ 200 mil

Professores da rede pública podem se inscrever até 30 de setembro em uma premiação que distribuirá R$ 200 mil a profissionais que desenvolvam experiências pedagógicas bem-sucedidas e inovadoras. O Prêmio Professores do Brasil contemplará até 40 experiências nas três etapas educação básica educação infantil, ensinos fundamental e médio.

Cada um dos professores premiados receberá R$ 5 mil, além de troféu e certificado. A escola onde foi desenvolvida a experiência também será premiada com a aquisição de equipamentos audiovisuais ou multimídia, no valor de até R$ 2 mil. As inscrições devem ser feitas na página do prêmio, pelo site do MEC. Após esta fase, o professor deverá enviar, via Correios, a comprovação da experiência com fotos, vídeos e ilustrações.

O prêmio é promovido pelo Ministério da Educação em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI). As fundações Bunge e SM e os institutos Pró-Livro e Votorantim são os patrocinadores.

Outra premiação vai dar R$ 10 mil a escolas, públicas ou privadas, que tenham desenvolvido entre 2008 e 2009, projetos ou ações pedagógicas de combate às desigualdades de gênero, raça e todas as formas de discriminação. O dinheiro deverá ser aplicado na ampliação ou no fortalecimento desses projetos.

O 5º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero é promovido pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, pelo Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para Mulheres (Unifem) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). As escolas interessadas devem se inscrever até 20 de novembro pelo site do prêmio. Também é necessário enviar um relato da experiência com os principais resultados atingidos.

[ + ] Fonte: Terra Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *