Bêbado observando o cego

Encostado no balcão de um quiosque, o bêbado observa atentamente um ceguinho caminhando pela praia, tateando a areia com a sua bengala branca.

Logo atrás vinha um sujeito todo estropiado, andando com dificuldade, arrastando uma perna.

Num ímpeto de fúria, o bêbado caminha tropegamente em direção ao sujeito que vinha atrás e começa a espancá-lo. Nisso alguém interviu:
– O que é isso, cara? Por que você está batendo no manco?

E o bêbado:
– Eu tava tentando ler o que o cego está escrevendo e vem esse viado apagando tudo…

1 comentário em “Bêbado observando o cego”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *