Aula do dia: “O fígado” – com o professor Fígado!

Desculpe pelo título redundante, mas foi uma forma de chamar a atenção para este texto maravilhoso. Vale a pena ler e saber o quão importante é para o corpo, este que, é nosso maior órgão.

Olá! Sou teu fígado!

Permite que eu me apresente! Como podes gostar e cuidar de mim, se não me conheces?

Sou o maior órgão do teu corpo e estou localizado no lado superior direito do abdômen, protegido pelas costelas (gradio costal). Sou responsável por aproximadamente 5.000 (cinco mil) funções vitais, produzindo a grande maioria das substâncias essenciais para manter funcionando o resto do teu organismo.

Sou um grande laboratório! Produzo a bile que é levada ao intestino delgado para se juntar ao processo de digestão. Eu mantenho as reservas de ferro que tu necessitas, bem como as vitaminas e outros minerais. Também produzo hormônios, proteínas e enzimas que mantêm teu corpo funcionando normalmente.

Tenho participação na produção de substâncias que ajudam o sangue a coagular e um papel importante na decomposição do colesterol e de medicamentos. Sem mim não terias forças para levar tua vida adiante!

Eu armazeno todas as toxinas, venenos, álcool, substâncias químicas e drogas que entram em teu corpo. Minha função é quebrar quimicamente estes venenos, de modo que possam ser mais facilmente eliminadas pelos rins e pela pele.

Sou um depósito de toxinas. Elas permanecem em mim por bastante tempo até serem processadas. Se a carga se torna excessiva, fico impedido de trabalhar adequadamente e o processo digestivo se torna difícil.

Eu reservo energia, como uma bateria, armazenando açúcar (carboidratos e gorduras) até que dele necessites. Sou eu quem alimenta o teu cérebro de energia e o faz funcionar. Sem mim, entrarias em estado de coma! Na verdade, nem poderias te levantar da cama se eu não estivesse trabalhando!

É importante que gostes de mim! Mas não te peço muito… Basta que me trates bem! Não me entupas de álcool – cerveja, uísque ou cachaça! Se bebes com frequência, podes me lesionar para o resto das nossas vidas!

E eu me lesiono facilmente… Estas lesões chamadas de cirrose, são permanentes.

Toma cuidado com o hábito da automedicação! Os medicamentos são importantes, mas ao tomares remédios sem necessidade, podes me sobrecarregar e intoxicar! Todos os medicamentos são produtos químicos e quando tu os combina sem a aprovação de um médico, podes criar algo venenoso e prejudicar-me seriamente.

E saibas, eu não me queixo. Se me maltratas, não poderei avisar-te que estou em perigo! Outra coisa importante – cuida da tua alimentação! Não abuses dos alimentos gordurosos! Eles podem me deixar coberto de gordura e se isso acontecer desequilibrarei vários sistemas do teu corpo! Alimenta-te com uma dieta balanceada.

Sou vulnerável aos diversos vírus da hepatite, os quais vivem no sangue, na saliva, nas fezes e no sêmem humano. Quase sempre sou capaz de destruir esses vírus, mas às vezes eles são mais fortes que eu e me infectam, causando-me muito dano.

Os vírus da hepatite C são transmitidos pela transfusão de sangue e hemodiálise, pelo uso de drogas intravenosas, material cortante ou perfurante de uso coletivo, sem esterilização adequada: procedimentos médicos/odontológicos, tatuagens, piercing, manicure, etc.

Já o vírus da hepatite A, é transmitido através da água e dos alimentos, enquanto o da hepatite B, através dos contatos íntimos, da mãe infectada para o recém-nascido e pelo uso do sangue infectado.

Então observa a procedência do sangue que acaso precises receber, dos alimentos e da água que ingeres e toma cuidado com a higiene ao toalete. Usa preservativo com novos parceiros, exige que os instrumentos que perfurem tua pele ou boca sejam esterilizados.

ATENÇÃO

Segundo a Tradicional Medicina Chinesa, sou um órgão regido pela energia da madeira. Por isso, como uma planta, se me tiras um pedaço, sou capaz de me regenerar e crescer novamente.

Sou eu quem controla teu sistema nervoso e exerço uma atividade importante sobre teus pensamentos. Quando estou desequilibrado, não consegues te concentrar e nem ter clareza mental. Também te enervas facilmente, ficas instigado às brigas, predisposto à dores de cabeça, na nuca e região lombar.

Ainda segundo a milenar Medicina Chinesa, sou a morada das HUN, seres espirituais que zelam por tua saúde. E elas não gostam, absolutamente, da raiva e suas toxinas venenosas!

Quando te tornas irado, sou agredido pelas toxinas do estresse. Se isso ocorre com frequência, as HUN me abandonam e fogem do teu corpo… Então, torno-me endurecido e o teu humor cada vez pior. Na antiguidade, Hipócrates classificou os principais temperamentos humanos de acordo com os humores predominantes. Ele denominou temperamento bilioso – que significa cheio de bílis e de raiva, irritável – aquele dominado por minha atuação negativa…

As toxinas da raiva são um veneno que não consigo metabolizar… E elas podem me destruir, tornando-me um sério candidato ao câncer… Além disso, quando envenenado pela raiva, afetarei o teu coração, que se tornará impaciente e rancoroso, incapaz de sentir amor, alegria e respeito. E isso, facilmente, pode destruir teus relacionamentos…

A única forma de convencer as HUN a voltarem ao teu corpo, é praticares atos de bondade para contigo mesmo e para com os outros. Quando transformares tuas atitudes raivosas em tolerância, conciliação e solicitude, elas ficarão ao teu lado, trazendo-te saúde e sorte!

Entendes agora que precisas buscar a Sabedoria do Viver, para poderes enfrentar os desafios do dia a dia, com inteligência, calma e serenidade? Compreendes a importância de te apaziguares com todas as circunstâncias da tua vida e todos os seres à tua volta?

Como vês, tua vida, saúde e felicidade, dependem de que cuides muito bem de mim e de ti! Evita o estresse. Correr contra o relógio é hábito perigoso. Cultiva o bom humor. Pra que levar a vida tão a sério? Procura sorrir e brincar. Permita-te o lazer e o prazer. Descontração e diversão são essenciais para manter-me desopilado!

Busca o teu bem-estar através do contato com a natureza, da prática de exercícios físicos, do relaxamento e principalmente, da meditação, que te conecta com a Fonte da Vida!
Que as HUN te deem uma saúde vibrante e muita sorte! Obrigado por tua atenção!

Teu silencioso companheiro, O Fígado.

Texto adaptado do livro: CHI NEI TSANG – A MASSAGEM DOS ÓRGÃOS INTERNOS – Mantak Chia Formatação: OLGA MENDONÇA Psicóloga Psicoterapia – Naturoterapia – Recife, Agosto de 2007

1 comentário em “Aula do dia: “O fígado” – com o professor Fígado!”

  1. Era tudo de que eu precisava, visto que acordei com uma tremenda enxaqueca, creio eu, pelo fato de estar bastante aborrecida com algumas pessoas. entendi tudo.Obrigada e em beijão do tamanho do universo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile