A hora e a vez do UFC no Brasil

Com o anúncio feito pela Rede Globo, cujo qual ela confirma a compra dos direitos de transmissão dos eventos do Ultimate Fight Championship, o UFC, com certeza o esporte intitulado de MMA, Mixed Martial Arts ou Artes Marciais Mistas, tomará proporções ainda mais significativas, haja vista que ele já ostenta grande popularidade.

Há pelo menos dois anos o MMA vem conquistando um grande espaço aqui no Brasil. Esta abertura que a Globo proporcionará, vai preencher uma lacuna deixada pelo boxe, que na década de 1990 representava muito tanto para quem gostava de assistir as lutas, como para a própria Rede Globo, que cobria com exclusividade e ao vivo, praticamente todos os grandes eventos da época.

Logotipo do UFC

Difícil não se recordar das lutas entre Mike Tyson e Evander Holyfield, os mexicanos Julio César Chaves e Oscar de La Hoya, e claro, mesmo que por pouco tempo, as lutas de Acelino Freitas, o Popó.

Agora quem pede passagem é o UFC, e com ele um mar de grandes lutadores brasileiros, como por exemplo, Anderson Silva, Vitor Belfort, os irmãos Minotauro, José Aldo, Júnior Cigano dos Santos, e tantos outros que ralaram e ajudaram este esporte a se torna a menina dos olhos dos executivos da Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *